Estudo dos carros nas cidades

Uma das análises de mercado feita pela Anfavea, revelou uma evolução do mercado brasileiro nos próximos 20 anos. Segundo a entidade, nossa taxa de motorização é de 5 habitantes para cada veículo. Mas até 2034 a taxa será de 2,4 habitantes por carro.

Com isso vem a dúvida se será possível a existência de tantos carros usados num trânsito cada vez mais congestionado. A resposta se encontra nas frotas das pequenas e médias cidades.

Onde encontrar loja de carros usados

O estudo serve de alerta para que os planos diretores incluam a mobilidade urbana como prioridade no crescimento das cidades. Esses planos precisam considerar que os vários erros de planejamento e de transporte, podem ocasionar graves problemas num futuro não muito distante.

A título de exemplo, a cidade de Xangai não possuía malha metroviária até 1990. Hoje em dia a cidade conta com mais de 350 km, enquanto que em São Paulo, possui apenas 74 km.

Obviamente a malha metroviária deve ser precedida por trens metropolitanos, estacionamentos para veículos de duas e quatro rodas, além dos corredores de ônibus nos centros das vias.